Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

Av. J.K, S/N - Centro - Jussara - BA


Pároco: Pe. Flávio Silveira Porto Santos
E-mail: jussaraperpetuosocorro@gmail.com

Matriz Paroquial

Quartas-feiras, às 19h30min.

Quintas-feiras, às 12h.

Sextas-feiras, às 6h.

Domingos, às19h30min

 

Setor Recife – Recife, aos sábados às19h30min

Setor Sítio Novo – Sítio Novo – aos domingos às 8h30min

Setor Queimada Nova – aos domingos, às 10h30min

Setor Morros do Higino – Morros do Higino, aos domingos, às 18h.

Secretaria Paroquial

de Segunda à sexta, de 8h às 12 e 14 às 17h.

aos sábados, das 8h às 12h.

 

Confissões

Terças às sextas, no expediente da secretaria paroquial.

O movimento da religião católica iniciou-se nesta cidade de Jussara-Ba, no ano de 1933, onde se realizavam encontros de oração na residência de senhora “Mãe Preta”; Aos sábados rezava-se o oficia da Imaculada Conceição e aos domingos rezava-se o terço de Nossa Senhora. Nessa época aqui era um povoado chamado “Chapado do Jacaré”.

Em1940 asenhora “Mãe Preta” juntamente com a comunidade construíram a capela Nossa Senhora do Perpetuo Socorro; Esta localidade fazia parte da paróquia de Xique-Xique, Diocese da Cidade da Barra.

A primeira imagem de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro foi doada pelo senhor José Augusto Lira, paraibano, por ele ser muito devoto de Nossa Senhora Do Perpetuo Socorro.

Nessa época, visitaram esta comunidade os seguintes padres: José de Oliveira Bastos, trabalhando nesta comunidade 16 anos. Padre Francisco, Padre Jaime, Padre Cristiano, Padre Mário, Padre Olezil, Padre Evandro e outros até o ano de 1974.

Ainda em 1940, iniciou-se o novenário em honra a padroeira “Nossa Senhora Do Perpetuo Socorro”, com o apoio de todas as comunidades rurais, que se deslocavam montados em animais e outros vinham a pé.

O novenário acontecia como até o momento de06 a15 de agosto, finalizava com uma confraternização e cantorias de roda na residência da senhora “Mãe Preta”.

Em 1949 realizaram-se as Santas Missões Populares sendo coordenadas pelo Frei Renato e missionário Brandão e outros.

Durante todo o mês de maio rezava-se o terço na capela, celebrando o mês mariano.

No ano de 1980 o senhor Coriolano juntamente com a comunidade iniciou uma campanha para construir a atual igreja, deixando a construção coberta e aparelhada, sendo o telhado doado pelo prefeito Municipal da época o senhor Osmar Félix Tarrão.

Por volta de 1982, chegando nesta comunidade, o padre Eduardo concluiu a construção com verbas doadas pela Espanha.

Toda a construção em volta da Igreja (jardim, calçamento, muro) foi patrocinada pelo prefeito da época o Sr. Eronildes Miguel da Silva. Foi Também foi construído pelo Padre Eduardo o salão paroquial, situado à rua Manso Cabral.

Em 1984 esta comunidade de Jussara e demais povoados circunvizinhos passaram a fazer parte da Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus — Central-Ba. Nesse período trabalharam aqui os seguintes padres: Padre Eduardo (Polonês), Padre Milck (Polonês), Padre José Miranda Sobrinho, Padre João Pereira, Padre Vagner Alves de Gama, Padre Carlos (que assumiu durante 30 dias e depois faleceu), Padre Marcos Aurélio Barbosa de Lima (que trabalhou aqui durante 02 anos).

Em 2001 iniciaram-se campanhas com o objetivo de construir a casa paroquial, sendo motivados pelo Padre Marcos Aurélio.

A construção da casa paroquial iniciou-se em marco de 2002 e estava concluída em marco de 2003. Com o apoio de toda a comunidade, o Sr. Lourival Batista de Oliveira (Lô) e a Srª Delza Mendes Ribeiro foram responsáveis pela construção da Casa Paroquial.

No que se refere às pastorais, iniciou-se em 1995, pelo Padre José Cordeiro, as pastorais: Pastoral da Criança, Pastoral do Dizimo, Catequese e o Grupo de Oração.

Em 05 de abril de 2003, foi criada a Comunidade Paroquial, sendo confiada ao Padre Vicente Temóteo de Araújo a preparação para torna-la Paróquia e em 03 de novembro de 2004 foi declarada Paróquia pelo Bispo Diocesano Dom Tommaso Cascianelli, C.P., permanecendo com o mesmo nome “Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro”, sendo primeiro Administrador Paroquial, Padre Vicente Temóteo de Araújo.

Os limites geográficos da Paróquia fazem fronteiras com as Paróquias: Santa Terezinha do Menino Jesus – Central – BA; Paróquia São Gabriel Arcanjo – São Gabriel – BA; Paróquia Senhor do Bonfim  em Xique Xique, Município de Itaguaçu da Bahia – Diocese de Barra – BA; Paróquia São José – Município de Sento Sé – Diocese de Juazeiro – BA. A Paróquia abrange as seguintes comunidades: Algodões; Aroeira; Baixinha; Barro Branco; Boa Nova; Cajueiro; Deus Dará; Jussara; Lagedinho; Lagoa do Angico; Larga do Cruzeiro; Larga do Elói; Larga dos Tapiocas; Malaquias; Maringá; Mata do Elizeu; Mata Verde; Morro do Higino; Mundo Novo; Novo Horizonte; Queimada Nova; Recife; Reforma do Higino; São Caetano; São José (Buracão); São José; Sítio Novo; Toca I; Toca II e Umbuzeirão.